sábado, 11 de setembro de 2010

Pergunta feita por Rebeca O. Ribeiro, leitora de nosso blog, sobre: Vida após a morte - qual o destino da alma?. Leia abaixo a resposta do Rev. Ari. Acompanhe:

Olá, Rev. Ari

Gostaria de saber como fica a situação de uma pessoa, após a morte. Muitos acreditam que a pessoa "dorme" ( dorme onde...). Ouvi certa vez, que a alma da pessoa morre também junto com o corpo, e só o espírito é que vai para Deus. Como diferenciar até mesmo de sentir alma e espírito, pois para mim parecem correlacionados. A pessoa depois que morre enxerga, sente... a pessoa quando morre aparece instantaneamente no céu ou inferno, ou seu espírito sai do seu corpo e vai subindo até o céu, ou demônios vem buscá-lo...A pessoa logo que morre se encontra e vê Jesus e nossos corpos estarão em um estado glorificado...Estou falando na morte antes da próxima volta de Jesus (no tempo chamado hoje), não do arrebatamento.


Eu gostaria muiiito de saber sobre isso. Aguardo resposta.


Deus nos abençoe.

====================
Resposta do Rev. Ari:

Olá Rebeca
Graça e Paz!

Obrigado por sua pergunta. Na verdade você fez várias perguntas em uma. Para facilitar vou respondê-las também em um único texto. Acredito também que em sua pergunta quando você diz: "...Estou falando na morte antes da próxima volta de Jesus...", você esta querendo dizer na realidade: "antes da volta, ou próxima vinda de Jesus...", visto que Ele ainda não voltou uma primeira vez, para que já pudesse existir uma "próxima volta" 

O assunto “Vida após a morte”, que você aborda em suas perguntas, é um tema sempre atual, e conhecê-lo em mais detalhes é muito importante para nosso próprio entendimento sobre questões espirituais.
A falta do correto ensino sobre uma doutrina tão importante quanto esta (a morte temporal é objeto de estudo da Escatologia), é que leva ao surgimento de falsas doutrinas, que não passam de invenções humanas como as que você cita: “A alma dorme”... ou, “a alma morre com o corpo”..., ou ainda, “a alma está em estado de animação suspensa”... e tantas outras doutrinas não bíblicas inventadas pelos homens.


Vejamos então o correto ensinamento a respeito deste assunto.

Primeiro é importante definir o que não é, e o que é a morte temporal:

a) A morte temporal não é a destruição total ou niilização do homem, mas sim a privação da vida física causada pela separação entre corpo e alma. Veja os textos bíblicos:

“Esta noite te pedirão a tua alma...” (Lc 12.20). Cristo morreu ao entregar o espírito (Mt 27.50). “E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Ec 12.7).

E também é fundamental saber que Deus não criou o homem para que morresse. O homem não está sujeito à morte de acordo com a ordem da criação. É por isso que o homem experimenta natural horror com relação à morte. A morte entrou no mundo pelo pecado (Rm 5.12). Veja:

“O salário do pecado é a morte...” (Rm 6.23). “...E o pecado, uma vez consumado, gera a morte” (Tg 1.15).

Nenhuma pessoa sã nega o fato da morte. É situação trágica. O homem quer viver, faz tudo o que pode para evitar a morte, mas finalmente deve morrer. Encantamento, remédio, ciência, força de vontade, nada pode impedir o golpe fatal. “Ao homem está ordenado morrer uma só vez...” (Hb 9.27). O homem criado para viver, agora nasce para morrer. Seu caminho pela vida apenas conduz a sepultura.


O Estado da Morte

O corpo material decai e volta a terra, pó ao pó (Gn 3.19; Ec 3.20). Nesse estado continua até a ressurreição do último dia (Jó 19.25-27; João 11.24). O corpo material certamente sofrerá uma decomposição natural. A alma desencarnada, porém, não está sujeita a mesma lei, visto ser ela imaterial, espiritual, não se dissolve para desaparecer no ar, nem é absorvida pela essência de Deus, tornando-se parte dEle. Sendo a alma criada por Deus e dotada de imortalidade, continua a existir como pessoa distinta. A história do rico e do Lázaro mostra que a identidade pessoal não é destruída (Lc 16.22,23). Esta existência separada da alma continua até que ela volte a ser unida com o corpo no último dia (I Rs 17.22; João 5.28,29; 11.24).

Que a alma não morre, ou desaparece, fica claro quando lemos o que Jesus diz aos saduceus: “Ora, Deus não é Deus de mortos, e, sim, de vivos; porque para ele todos vivem” (Lc 20.38).

Mas então, onde estão as almas dos mortos, e qual seu estado atual?

No momento da morte as almas dos crentes entram na alegria do céu, onde encontram descanso (Ap 6.9-11). Todo aquele que morre no Senhor é bem aventurado desde agora (Ap 14.13).

A mesma “bem aventurança” não se aplica aos ímpios. A história do rico e do Lázaro, embora seja uma parábola, ensina definitivamente que o ímpio depois da morte está em tormento (Lc 16.23).

As almas permanecem conscientes em estado de bem aventurança, ou em tormento até o dia do juízo, quando serão reunidas com seus corpos. Os crentes verão em sua carne a Deus (Jó 19.26), e os incrédulos irão de corpo e alma ao tormento eterno (Mt 10.28).


Para finalizar:

Sempre é bom lembrar que o destino eterno do homem se decide no momento da própria morte – “Quem crê será salvo, quem não crê será condenado” (Mc 16.16).
A questão sobre se alguém vai ao céu ou ao inferno não será decidida apenas no dia do juízo, mas por ocasião da morte de cada pessoa.

Veja o que a Bíblia diz sobre isto:

“Por isso quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus” (João 3.36).

Aquele porém , que continua na fé até o fim nada tem a temer para sua alma depois da morte, nem para corpo e alma no dia do juízo (Ap. 2.10b; 14.13).

Deus te abençoe Rebeca.

Leitores creiam nisto:

JESUS QUER VOCÊS!!!

Rev. Ari Fialho Júnior
Teólogo Luterano
Soli Deo Gloria!

=====================================================
Fonte: Sumário da Doutrina Cristã – págs. 275 a 278 - Koehler – Editora Concórdia - 1981

====================================================================

Comentários da autora da pergunta:

Rebeca

Reverendo Ari, muito obrigada pela resposta. Estudo bíblico edificante. Desculpa pela minha falta de atenção ao ter colocado a "próxima volta de Jesus", ao invés de "antes da volta de Jesus" ou "próxima vinda de Jesus".


Antes pensava erroneamente que a alma morria com o corpo ou dormia. Na verdade, alma e espírito são interligados, " Sendo a alma criada por Deus e dotada de imortalidade, continua existir como pessoa distinta".


Muito interessante a finalização, pois esta também é uma dúvida de muitos, inclusive minha.


Paz do Senhor Jesus,


Rebeca.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir